quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Doméstica tentar matar amante e paga a prestação

Portugal

Foto: Divulgação

Uma empregada doméstica, 45 anos, residente em Gaia, casada e mãe de uma jovem de 20 anos, contratou um ex-detento para matar o  seu amante por ele ter rejeitada e abandonada . Ela mantinha um romance secreto por vários anos, sem que o seu marido desconfiasse. Como passava por momentos financeiros, difíceis, pagou ao contratado quatro mil euros dividido em três prestações, mais uma moto. 'Assustado, o homem desistiu do negócio e denunciou a mulher'.

A empregada foi detida no domingo (31) pela Polícia Judiciária do Porto e se apresentou ao Tribunal de Instrução Criminal. Após se apresentar a justiça, foi liberada e irá se apresentar periodicamente à Delegacia.

Após alguns meses se encontrando as escondidas, o amante, funcionário de uma loja, decidiu terminar tudo. A mulher não aceitou o fim do relacionamento. Tentou várias vezes uma reconciliação, mas nunca conseguiu.

O episódio não teve êxito. O suposto assassino não teve coragem de matar o homem contando a história para a polícia, e a empregada vai ter que prestar conta a justiça, além de se  explicar para o marido. Pois segundo o Correio da manha, 'ele ainda não sebe de toda a verdade'.

Nenhum comentário: